Game of Thrones 8×02: tudo a postos para a grande batalha! (Com spoilers!)

Game of Thrones 8×02: tudo a postos para a grande batalha! (Com spoilers!)

Depois da “desilusão” da semana passada, “A Knight of the Seven Kingdoms” revelou-se um episódio melancólico onde se percebeu que o fim está realmente próximo. 4 episódios, senhores e senhoras, 4 episódios é, efetivamente, aquilo que nos resta… Sniff sniff.

Mas nada temam, esta semana tivemos um episódio que fez a espera valer a pena! Um grande episódio foi aquilo que tivemos. Sem grande ação, é verdade, mas com um enredo que colocou as personagens no fim da linha, para a grande e ansiada batalha entre os mortos e os vivos, que irá ocorrer na próxima semana, no terceiro episódio da última temporada, o mais longo desta etapa final de Game of Thrones. Este texto contém spoilers do episódio Game of Thrones 8×02 – A Knight of the Seven Kingdoms, leiam as próximas linhas por vossa conta e risco!

Tivemos um começo interessante com Daenerys e Sansa a liderarem a discução da permanência, em Winterfell, de um Jaime Lannister acabado de chegar e sem qualquer exército. De recordar que o chamado regicida matou o pai da nossa princesa dos dragões e dizimou, até onde pôde, a família Stark, por isso, foi natural não ter sido recebido com balões e espumante. Todos estavam contra a permanência de Jaime, exceto Tyrion, até que a Brienne de Tarth intercede por ele e convence Sansa. Lembramos que Brienne foi uma peça crucial para a mudança de Jaime Lannister ao longo da série. Logo nesta cena inicial vemos o desconforto de Jon Snow, ele que ficou apático durante a discussão, dando apenas a sua opinião friamente quando Daenerys o questiona em relação à permanência do Lannister. Destaque, ainda, para a frase proferida por Bran Stark, para Jaime, quando este se defendesse que voltaria a repetir as suas ações para defender a família, já na fase final da discussão: “as coisas que fazemos por amor”. Esta foi a mesma frase proferida por Jaime Lannister antes de atirar Bran pela janela. Tau!

Daenerys, depois de colocar a sua mão Tyrion em dúvida, devido ao erro de ter confiado na irmã, tem uma interessante conversa com Sansa onde podemos observar como o poder feminino está forte e recomenda-se em Game of Thrones. Diálogos fortes de duas personagens que já passaram por muito para construir as suas personalidades. Falam do amor que Jon nutre pela rainha dos dragões e Sansa acrescenta que os “homens são fáceis de manipular”, com Daenerys a responder bem se neste caso não seria o contrário, uma vez que era ela quem estava em Winterfell a lutar por Jon, desviada do foco pelo trono de ferro. Quando se pareciam estar a entender Sansa pergunta como ficará a governação do norte quando Daenerys ascender ao trono, pergunta que ficou sem resposta.

Este episódio marca, ainda, o regresso a Winterfell do que restou da Patrulha da Noite, da Irmandade Sem Bandeiras e de Tormund Giantsbane. Chegam com a mensagem que os mortos já chegaram à Última Lareira e que têm pouco tempo para se prepararem: “antes do sol nascer amanhã” o Rei da Noite estará em Winterfeel. Vemos então todos a prepararem-se para a grande batalha. E que batalha nos aguarda…

O momento mais engraçado de “A Knight of the Seven Kingdoms” fica marcado por Tormund, mais uma vez, a tentar seduzir Brienne, com esta a não demonstrar grande interesse, como sempre. Destaque para dois momentos chave antes do final do episódio: Primeiro, Arya seduz Gendry a terem um encontro “caloroso”, algo que ela queria experimentar antes que fosse tarde demais, segundo palavras da própria, no segundo momento Brienne em destaque quando afirma que uma mulher não pode ser cavaleiro porque é “tradição” e Jaime a ordena contra todos os princípios e com a felicidade estampada na cara de Tormund. Momentos de bonança antes da tempestade que está para chegar.

O episódio termina com Jon a revelar a Daenerys quem é a sua verdadeira identidade. A rainha dos dragões ficou incrédula e de boca aberta com a possibilidade de ter perdido o direito ao trono mas não houve tempo para grandes conversas pois o inverno está aí à porta… E que inverno!

Frase do episódio:

“I was sleeping with my sister and you had one friend in the world, who was sleeping with his sister.” – Jaime Lannister

Nota sobre o autor

Luís Dias.

Séries e cinema, cinema e séries. Já falei em cinema?
Têm outras opiniões? Enviem tudo para: luisfbdias@gmail.com

Partilhe nas Redes Sociais
FacebookTwitterPinterest

Deixe uma resposta

* Campos obrigatórios