Benefícios do Reiki no tratamento da ansiedade

 

Nos dias que correm, a ansiedade faz parte da vida de grande parte das pessoas. Sendo uma reacção ao stress do dia-a-dia, é comum que as pessoas se sintam ansiosas, quer devido a problemas profissionais, pessoais ou mesmo de saúde. Vivemos num mundo de tal forma acelerado que é quase obrigatório sentirmo-nos ansiosos de manhã à noite. Se a ansiedade for controlada [a chamada ansiedade natural ou “boa ansiedade”], não há grandes problemas. Muitas vezes, é essa pontinha de ansiedade que nos impulsiona a reagir perante determinadas situações. O problema é quando deixamos de conseguir controlar essa ansiedade e ela começa a ganhar proporções que colocam em risco a nossa saúde e bem-estar.

Quando a ansiedade começa a manifestar-se de forma exagerada e prolongada, associando-se a um medo desproporcionado e constante, estamos perante aquilo a que chamamos perturbações de ansiedade, que condicionam de forma grave o dia-a-dia das pessoas que delas padecem. Segundo a Direcção Geral de Saúde, no âmbito das doenças do foro mental, as perturbações de ansiedade são a patologia mais prevalente, afectando cerca de 16,5% da população.

Tratar a ansiedade não é fácil. É necessária uma abordagem holística da pessoa, perceber quais as causas que a desencadearam, quais os momentos em que ela se intensifica, qual a primeira vez que se manifestou e de que forma isso afecta a sua vida e a sua saúde [a ansiedade, se não tratada, acaba por ter consequências a outros níveis – problemas cardiovasculares, gastrointestinais e no sistema nervoso, sistema imunitário debilitado, contracturas musculares, problemas na pele, entre outros]. Na maioria dos casos, o tratamento proposto é a toma de ansiolíticos. Há casos em que é mesmo necessário intervenção medicamentosa. No entanto, antes da prescrição destes fármacos [que têm efeitos secundários não muito simpáticos, sendo o pior deles a habituação], outras alternativas deveriam ser propostas, como a psicoterapia [tratamento de primeira linha] e as terapias complementares, como é o caso do Reiki.

O Reiki, enquanto terapia energética e holística, pressupõe uma abordagem global do estado da pessoa. Em primeiro lugar, fará com que a pessoa reflicta e comece por tentar identificar o cerne da questão, ou seja, aquilo que provoca a ansiedade [situações, lugares, pessoas, acontecimentos ou pensamentos]. Depois, actua na redução dos efeitos da ansiedade – físicos [falta de ar, palpitações, suores frios, tremores], mentais [mente acelerada, pânico, incapacidade para reagir] e emocionais [medo incontrolável, angústia, desespero]. Por fim, permite o reequilíbrio e harmonia das componentes física, mental e emocional.

Com a continuidade do tratamento com Reiki, a pessoa com ansiedade começa não só a sentir menos os efeitos da ansiedade no seu corpo e mente, como começa também a mudar a sua forma de pensar e agir, uma vez que se sente mais energizada, equilibrada e em harmonia. É por isto que o Reiki tem resultados tão bons no tratamento da ansiedade, porque não se foca só no tratamento dos sintomas mas também na identificação das causas e no equilíbrio global da pessoa, fazendo-a reflectir sobre todos os aspectos da sua vida, devolvendo-lhe a confiança para que ela possa encontrar dentro de si o poder para se curar.

Convém referir que o Reiki é uma terapia complementar, pelo que deve ser sempre considerada a procura de um profissional de saúde especializado [na minha opinião, um psicólogo/psicoterapeuta], para que seja feita uma abordagem completa do problema. O Reiki irá ser o complemento [um complemento maravilhoso] que terá efeitos muito positivos e que ajudará a acelerar o processo de cura, devolvendo à pessoa o seu estado pleno de bem-estar físico, mental e emocional.

Nota sobre a autora

Chamo-me Catarina Vasconcelos, tenho 31 anos, sou enfermeira de profissão, terapeuta holística por vocação e escritora por paixão. Quis o destino que tivesse a imensa sorte de poder conciliar estas três áreas no meu trabalho actual. Depois de ter exercido enfermagem durante oito anos, e depois de um quadro de doença que me obrigou a parar e a repensar toda a minha vida, decidi dar asas às minhas grandes paixões e agarrar a vida por inteiro. Fui estudar terapias energéticas/holísticas, comecei a tirar os meus textos e crónicas da gaveta para mostrar ao mundo e, aos poucos, estou a tentar construir um conceito diferente de exercer a minha profissão, integrando nela todas as minhas paixões. Desta forma, nasceu o meu blogue Serenamente, onde partilho dicas de saúde, terapias e reflexões para uma vida mais saudável, serena e feliz. 

Site: https://serenamente.pt/category/saude/

Facebook: https://www.facebook.com/serenamentecatarina/

Partilhe nas Redes Sociais
FacebookTwitterPinterest

1 comentário em “Benefícios do Reiki no tratamento da ansiedade

  1. O Reiki deve ser sempre um complemento quando há problemas profundos a trabalhar tal como a Catarina referiu e muito bem, com um psicologo, por ex.
    Caso contrário o Reiki funciona muito bem como terapia, é algo que inclusive nós podemos aprender a fazer, por nós próprios. É uma energia do bem, da paz e do amor.
    Gostei muito do artigo, simples, incisivo e consciente.
    Parabéns Catarina!

Deixe uma resposta

* Campos obrigatórios