A NENNY

A temporada 5 do Elefante de Papel traz novidades muito boas.

Antes de explicar a verdadeira história de amor que me passou a unir à protagonista da primeira entrevista, deixem-me dizer-vos que perceberão que foi dado um salto gigante ao nível da edição e realização desta série de entrevistas, responsabilidade agora a cargo da CriaVisão. O Bruno Ventura (que está para a CriaVisão como eu estou para o Elefante de Papel) é a minha alma gémea profissional. Andei muito tempo à procura dele, encontrei-o agora e nunca mais o vou largar. Não é todos os dias que se encontra alguém que te leia profissionalmente sem que precises de dizer uma só palavra.

Um agradecimento para o fabuloso hotel PortoBay Liberdade, parceiro nesta temporada, (com excepção da entrevista da NENNY – que foi gravada no Music Hall Lisbon Hostel – que espaço também incrível)!

Uma palavra de agradecimento também para a Cookoo – The Kitchen Hub – que serviu almoços deliciosos e diversificados consoante as diferentes escolhas gastronómicas da equipa do Elefante.

E, por fim, uma palavra para todas as marcas/ investidores que nos queiram apoiar: as entrevistas do Elefante de Papel são um produto de sucesso, reconhecido e diferenciado no YouTube, queremos continuar a fazer mais e melhor e precisamos de parceiros para prosseguir os nossos objectivos. Cheguem-se à frente, vamos criar coisas maravilhosas juntos! Vai ser bom para todos.

A NENNY

Tudo o que sabia sobre ela: tem 17 anos, faz música e os meus filhos adoram-na.

Quis preparar-me mas não era possível: ela nunca tinha dado uma entrevista. Nada se sabia sobre esta pessoa, mistério absoluto, (a não ser os rumores de uma ligação a Vialonga e por via familiar aos Wet Bed Gang mas estava tudo por confirmar).

Uma imensa névoa a adensar o enigma e a minha curiosidade.

Ainda bem que não me preparei porque não havia preparação possível para o que iria encontrar pela frente.

17 anos? Mas como? Como?

Dizem os antigos que é preciso viver e sofrer para se conseguir criar seja o que for que consiga inspirar os outros.

NENNY tem 17 anos e o que é desconcertante é que, se por um lado mantém a pureza inicial de uma criança, por outro encerra nela certezas e profundidades chocantes e comoventes.

NENNY quer ser uma lenda e vai ser uma lenda da música mundial. Podem apontar as minhas palavras. E fuck a tua bússola.

Nesta que é a primeira entrevista da sua vida, falou-me sobre ter sido sempre tudo sobre ela e a mãe (a Dona Maria). Sobre a ansiedade e os ataques de pânico que a incentivaram a escrever canções, sobre racismo, “colorismo” (estou a citar), sobre humilhação, depressão. Sobre não aceitar que a rotulem, hipersexualizem, carimbem de seja o que for.

Ensinou-me o que é “trap” e concluímos as duas que o melhor da vida é “drenar com os nossos tropas” – isto, depois de ela me ter explicado o que significava e de eu lhe ter explicado que é o que tenho feito a vida toda.

Entrada directa para o meu coração. Não se faz, miúda.

Quando fores lenda, lembra-te desta entrevista.

Até lá, continua a procurar a tua voz de mulher neste mundo de homens porque estás no bom caminho e quando a encontrares (e vais perder-te e depois vais encontrar-te) nunca mais ninguém te agarra.

Senhoras e senhores: NENNY,

 

 

Fotos: Herberto Smith

Partilhe nas Redes Sociais
FacebookTwitterPinterest

17 comentários em “A NENNY

  1. Então, foquemos a bússola no amor: a nós próprios, como muito bem diz a Nenny, e aos outros!
    Amei a entevista e adoro as 2 canções.
    Beijos de uma fã já bueda cota (51 anos) :*

  2. A Nenny foi-me apresentada pelo meu filho Rafael ,de 11 anos.Primeiro Sushi ,que ouvi ,gostei muito e fiquei com vontade de ouvir mais.A seguir mostrou-me Bússola…yeeeeeesssss !!!!Adorei!!!
    Muito boa voz,nem parece que tem 17 anos!!!!
    Keep going filha do Rossi❤️❤️❤️

  3. Está miúda e um gênio. Uma grande inspiração para o actual mundo de hoje cheio de incertezas e muita escuridão no coração. Eu , mãe que sou de três lindas princesas fico esperançosa e maravilhada por ver e ouvir a Marlena Francisca na sua primeira entrevista, transmitindo paz , sabedoria e amor de todas as maneiras e formas . Obrigada Rita por este grande projecto. Está tipo bué brutal mesmo.

  4. Parabéns Rita por esta maravilhosa entrevista desta menina mulher. Ela tem um grande coração e vê-se que é muito linda de dentro para fora. Beijinhos 😘 e sucesso

  5. Está lá tudo… e quando a forma de se expressar sai fora dos parâmetros convencionais, mas reflete a verdade que é, não há nada a apontar… principalmente quando reflete o amor pelo próximo que transpareceu tão bem para a entrevistadora e também para o ouvinte, como eu (nos quarentas…)

Deixe uma resposta

* Campos obrigatórios